Rei inútil

foto: pressminho.pt

À atenção do senhor Barreto, líder distrital bracarense dos socialistas:

No trabalho do semanário Expresso sobre as próximas eleições autárquicas em Portugal escreve o jornalista Filipe Santos Costa que “num distrito que é um molho de brócolos para o PS” há casos a merecer acompanhamento; a sério: Fafe e Vizela.

Há verdades e a realidade

O PCP é historicamente um defensor do princípio “os ricos que paguem a crise” e também por isso o temos visto tão ativo na defesa do novo adicional do IMI (um imposto, por acaso sugerido pelo BE, que afeta os detentores de património imobiliário com um valor superior a 600 mil euros). Mas isso é o PCP, partido da luta de classes. Porque o PCP, proprietário é igual a todos os outros e queixa-se do volume de impostos que tem de pagar de cada vez que compra ou aliena um dos seus bens.

Gente, Expresso, 17.08.12

Sabores de verão

Num grande escritório nada é mais luxuoso do que a receção.

Alexandra Lucas Coelho, in ao deus dará

 

O semáforo mostra a luz vermelha para peões. Espero. Do lado esquerdo um casal britânico com dois filhos pequenos. Do lado direito quatro pessoas falando (bem alto) castelhano.

De repente não há carros; nem de um lado nem do outro. As pessoas espanholas saltam a correr, alameda dentro. E os ingleses espantados aguardam.

Dentro de mim só me ocorre uma ideia: nós, os habitantes da velha Ibéria, somos muito iguais.

 

Inverno à lareira; coisa de família

foto: Gustavo Bom

Coisa que Judite sabe desde o primeiro amante: quanto mais sexo têm, mais as mulheres se masturbam.

Alexandra Lucas Coelho, in ao deus dará

 

 

Em Pedrógão Grande tudo acontece, caramba! Foram tantos mortos – num incêndio tremendamente destruidor – e, leio no jornal Público do passado dia 3, são, agora, as desfiliações de militantes socialistas. Mais de três dezenas; caramba!

 

Vincando que da carta dos militantes socialistas de Pedrógão só importa mostrar o espelho dos partidos e do sistema partidário em Portugal –  recusam de “forma veemente, continuar a desempenhar o papel de meros pagadores de quotas, cuja voz não é ouvida, tida ou achada na tomada de posição, em especial no que se refere à designação do candidato do PS”, só posso vincar que os partidos, todos os partidos são (infelizmente) rampas de lançamento para coisas estranhas. E depois ainda há quem se espante com populismos!

 

Felizmente que vai crescendo o número de candidaturas com outras abrangências. Falta ainda tanto trabalho; senhores dos aparelhos partidários serão engolidos pelo tempo e pelas realidades dos tempos.

Não acordem; não….

Coisas de golfinhos ou de Hugo Soares?

foto: jornaleconomico.sapo.pt

Esta semana, a Marinha, informa em comunicado que um grupo de golfinhos invadiu a Base Naval do Alfeite e fez uma “revista geral” aos navios ali atracados. O caso logo saltou para as redes sociais e um utilizador do Twitter partilhou a notícia da invasão dos roazes, acrescentando uma “maldade”: “Hugo Soares, PSD: Governo tem 24 horas para fornecer a lista completa desta invasão à base naval.

Público&Notório, Público, 17.08.05