ainda há tempo?

com o sonho sempre presente

intensamente

a agitar-se dentro de mim

fico-me

com o fantasia de sair da sombra

dos pais. a mãe não gosta

de me ver sonhar assim!

diz sempre que as coisas mágicas nos olham

de forma inédita

com mão de ferro. eu acredito

na mãe

continuo eternamente de passagem

e corro

contra o destino; feito correio da morte

e o sonho? continua a crescer

de forma bem robusta

 

Anúncios