Caminho de sucesso

foto: Mais Guimarães

Viajar dá-nos a capacidade de conhecer a diferença.

Filipe Martins, E, 18.10.27

Nós crescemos com o crescimento dos nossos companheiros e mesmo no âmbito do Quadrilátero Urbano temos feito um trabalho conjunto de forma a abranger um território mias vasto, disse a vice-presidente da câmara de Guimarães.

Adelina Pinto, na reunião do Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular que decorreu em Guimarães – na Plataforma das Artes – não só se manifestou a favor de Braga vir a ser capital da cultura em 2020 daquela estrutura supranacional, como não tem dúvidas e que tal realidade só “nos engrandece e vai fazer deste um território mais forte”.

Gosto desta visão e desta postura; um sinal inteligente que deveria ser dado noutras áreas num território que precisa de mais coesão nas suas ações.

Anúncios