Olhar por entre os dedos

foto: João Manuel Ribeiro (Global Imagens)

Os políticos em Portugal têm um desfasamento que é ainda não terem interiorizado que o tempo dos media é muito mais rápido, mais célere e escrutinador.

Conceição Paquito, Público, 18.02.24

 

Então há um deputado português que vai sem ir às sessões da Assembleia da República (AR)?

Vai sem ir, isso pode lá ser!

Ó se pode! Basta ser secretário-geral do PSD, ter o nome de Silvano e pronto!

Então o senhor deputado não vai às sessões da AR?

Lendo a peça que Filipe Santos Costa assina no semanário Expresso (18.11.04) é o próprio secretário-geral do PSD a admitir que vai à AR “quase só” para marcar o ponto. E alguém marca por ele.

E ainda querem que os cidadãos não virem as costas aos políticos de montra; exibições com luzes tentadoras!

Aí os populismos…

Anúncios