As memórias políticas deviam existir

Foto: Miguel A. Lopes/Lusa
Estará ainda na memória o quanto foi importante, no período da Troika e do governo do Partido Social Democrata (PSD) e do CDS-Partido Popular, desconstruir uma narrativa neoliberal que deturpava dados da economia e atribuía culpas a supostos comportamentos dos indivíduos (o «gastar acima das suas possibilidades») e do Estado (o «enorme endividamento público»).

Sandra Monteiro, in le Monde diplomatique, agosto 2018

Anúncios