Boa onda

Faltas tu a levar o tempo

José Luís Peixoto, in morreste-me *

 

Parece que Guimarães vai ter mais um tribunal.

A sério!

Quem o diz é o jornalista Joaquim Martins Fernandes no texto que assina na passada quinta-feira, dia 26, no jornal bracarense Diário de Minho.

Será um tribunal novo; em grande! Capaz de receber “os serviços que funcionam no palácio da justiça, em frente à câmara municipal, e os juízos que estão num imóvel arrendado” em Creixomil.

Olha que bom!, não é?

E onde será esse novo espaço de referência vimaranense no que à Justiça diz respeito?

Ah! E quando será que tudo começa?

 

* esta prosa poética – tão lindo, tão lindo! – de José Luís Peixoto foi, há anos, para mim um murro no estômago. Mas é um texto que nos faz acreditar em novos caminhos.

Que bom seria que tantos caminhos anunciados à pressa, sob a luz de ribaltas esplendorosas; antecipadoras de desejo em urna, fosse um poema em prosa. Onde as palavras seriam uma prosa poética.

 

Anúncios