E agora?

foto: Natacha Cardoso (Global Imagens)

Um dos maiores riscos da política é prometer aquilo que não pode cumprir.

Ricardo Costa, Expresso, 17.11.18

 

Do fim-de-semana, registo de Pedro Santos Guerreiro (Expresso, 18.04.14), esta afirmação que encaixa como uma luva no namoro entre os senhores Rio e Costa:

Querem ver partidos unidos? Proponha que peçam dinheiro a Bruxelas. Quer vê-los desunidos? Pergunte como querem distribua-lo.

Um desígnio confirmado na perfeição nas palavras do diretor do jornal Público – David Dinis, editorial, 18.04.13:

É aí, mesmo na gaveta do centro, que ele [António Costa] quer arrumar o trauma do PS.

E pronto! Foi-se a ‘geringonça’!

 

Ah! Costa e Rio darão razão às palavras de Pedro Santos Guerreiro, já a seguir: O Governo defende a descentralização, mas toma uma posição contrária à descentralização, retirando fundos que estavam previstos para as regiões do interior para Lisboa e Porto.