Olhar zangado

O ato de lançar a tortilha no ar é um triunfo da serenidade sobre o terror.

Virgilio Piñera, in O grande Baro e outras histórias

 

Com a memória do “eu tenho um sonho”, de Martin Luther King, mais de mil líderes religiosos marcharam, 54 anos depois, em Washington, pelos direitos civis e contra o governo de Donald Trump, leio no suplemento do Diário do Minho, Igreja Viva, na sua edição do passado dia 7.

 

Registei do texto, um excerto do que foi dito em público nessa manifestação:

estamos aqui para que o país saiba que não toleramos o racismo. Estamos aqui para que o país saiba que não toleramos o fanatismo.

Há movimentos lindos, às vezes!

 

 

Anúncios