Deformação da pulcritude

Somos nesta nossa cidade portadores de um segredo, um tesouro que nos foi deixado chamado identidade.

Marcos Barbosa, Mais Guimarães O Jornal, 16.07.05

 

Os bancos de jardim na Alameda S. Dâmaso dão um ar de calmaria aquele espaço de excelência na cidade de Guimarães inquestionável.

Pena é que estejam totalmente borrados de dejetos de pombas.

O local merece outra atenção, não merece?

E já agora a responsabilidade será da câmara de Guimarães ou da União de Freguesias da cidade?