Palco; lugar de gente vulgar?

A política é uma construção. Acredito muito na relação das pessoas, na confiança, na palavra dada.

Francisco Louçã, E, 17.01.07

 

Pelas atitudes do presidente de junta, Taipas foi remetida para um lugar pouco digno e fora dos pergaminhos da sua história, perdendo se comparada com outras freguesias igualmente do PSD, por exemplo Ponte, escreve Cândido Capela Dias na edição de julho do jornal Reflexo.

Percebendo e respeitando o seu olhar preocupado sobre a realidade da principal vila vimaranense, fico sem argumentos para as também argumentativas palavras do ex-vereador da CDU: à postura arrogante do PSD correspondeu a vingança do PS. Taipas não merecem ser usadas para jogos de influência partidária.

Em suma, outra vez – e mais uma vez – a sobrar para os taipenses.

Está bem!

 

Anúncios