Discursos feitos de trapézio

A eternidade da separação é outra ideia que me aterra.

Raul Brandão, in O pobre de pedir

 

Outubro é já ali, sem julho e agosto, perdidos nas férias, já só temos setembro.

Mas, espasme-se! – ou não; afinal estamos em Portugal! – ainda não há qualquer acórdão do Tribunal “relativo às contas e campanhas” que estão para trás.

Ou seja, as próximas eleições vão ser assim uma espécie de … como se diz? É fartar vilanagem…