Uma história de muitos olhares

O milagre é a preguiça de Deus, ou, antes, a preguiça que lhe atribuímos, inventando o milagre.

Fernando Pessoa, in Livro do Desassossego

 

o som da terra nem sempre é misterioso; vê-se nas ternuras intensas do teu corpo. sabes?, há um ruído abafado a percorrer a tua ausência.

ui! porque queres vincar o exagero da realidade num desenho muito especial?

jamais projetarei um sonho deficiente ou o segredo do teu desejo; descobrindo-se numa pausa ao fim de tarde.

parvoíces tuas! não estou para nostalgias; vivo bons momentos…

chega, há por aí palavras estranhas. deixemo-nos de vaidades e olhemos para outras realidades; tão boas. Repara: como “resultado do compromisso” com o projeto da Capital Verde Europeia e “o resultado de uma mudança de estratégia da universidade”, nas palavras de António Cunha, os cursos de Ciências de Ambiente e de Geologia passarão a funcionar no polo de Azurém da Universidade do Minho (UM).

Foram estas as palavras – e a grande nova para Guimarães – do reitor da UM na sessão extraordinária da assembleia municipal de Guimarães que fez “uma análise do estado do processo e dos respetivos indicadores ambientais” da candidatura vimaranense a capital verde europeia.

Eu, se tivesse responsabilidade politicas em Guimarães, mormente na área de Ambiente, estava por estas horas a dar pulos de alegria.

 

 

Anúncios