Poder das imagens

Nada é seguro. Realmente estamos a ser abandonados e estamos a despertar ilusões.

Júlio Pomar, E, 17.03.04

 

ouço o meu umbigo e a noite

vai-te matar!, continuas a por em causa os valores e as pessoas que te tornaram grande.

jamais, meu caro! odeio a simplicidade ameaçadora: depois do silêncio. vazio. há turbulências inquietantes por aí…

ui! a memória é enorme; igual ao vazio da ingenuidade que te percorre – da excentricidade ao sacrifício, sempre violento.

e?

conheces Nicolau Santos? olha o que ele escreveu no Expresso (Economia) – 17.06.03:

A descida do défice pode estar a ser apoiada pelos fundos europeus que estarão a substituir os impostos no financiamento de salários e outros gasto com educação e segurança social. Digamos que a acusação, que vem do PSD, merece uma cabal explicação. Não há milagres em economia. Esperemos que não haja trapaça.

 

Anúncios

One thought on “Poder das imagens

Os comentários estão fechados.