Devolver o real

O mais importante de Guimarães são as pessoas. Nunca conheci nenhuma outra cidade onde fosse tão forte a identidade de pertença, onde as pessoas estivessem tão conscientes de que o espaço onde se habita é um território comum que necessita de ser vivido, cuidado e partilhado.

Isabel Fernandes, in Jornal de Noticias, 17.05.07

Anúncios