É preciso desequilibrar a balança do poder II

A realidade, para não dizer a verdade, será sempre camuflada pelas camadas de ilusionismo político, e desculpada pela obstinação dos eleitores em não querer concluir que as coisas foram feitas, e mal feitas, nas suas costas e contra eles, pagadores de contas.

Clara Ferreira Alves, E, 17.03.04

Anúncios