Cara redonda; à procura de identidade

rui
foto: porto.pt

Os mentirosos não têm idade, mas quase todos começam cedo.

Dalila Carmo, E, 15.09.05

 

O Eixo Atlântico – essa entidade supra todos os interesses instalados e/ou albergados entre a Morreira e o Bom Jesus e a Penha ou a via dedicada do Ave, cerra fileiras para que o norte seja uma “instituição forte”; com poder reivindicativo.

Que treta! Que mania de calçar os sapatos de balé para fazer de conta que se sabe dançar!

O senhor que manda no Porto, por exemplo, bate o pé a uma empresa de transporte aéreo e tem toda a região a norte do Douro fica, como espetador que só vai ao campo por clubismo; sem perceber patavina do que por ali se passa. Como o homem deve estar a rir-se a bandeiras despregadas!

Seria caso, se simpatizasse assim tanto com Rui Moreira, para dizer que o senhor da linha – da Foz, não de Cascais – manda mais sentado do que Ricardo Rio em sapatos de dança, sapatilhas de corrida ou botas de alpinista calçadas.

Realidades que, afinal, parece que só Ricardo Gonçalves parece ter percebido.

 

Anúncios